Como gastámos menos de 850€ com tudo incluído | 16 dias em Marrocos

0
€ Combustível
0
€ Alojamento
0
€ Alimentação
0
€ Ferrie
0
€ Monumentos
0
Outros
0
€ Total Gasto na viagem a Marrocos

No total gastámos 842€ em 16 dias em Marrocos – combustível, alojamento, alimentação, ferie, monumentos e seguro auto.

”Clica aqui para ler o artigo do “Roteiro da Road Trip por Marrocos

Marrocos como é relativamente perto, preferimos fazer a viagem de carro, para conseguirmos conhecer o país de um modo mais económico. Também podíamos ter ido de autocaravana, mas preferimos ir de carro, porque gasta 1/3 do combustivel da carrinha e porque não tínhamos muito tempo, pelo que desta maneira conseguimos fazer mais quilómetros em menos tempo e mais confortavelmente.

Claro que se fossemos de avião, comprássemos viagens organizadas até ao deserto Saara, cascata de Ouzood.. este valor iria subir exponencialmente.

Deste modo pudemos ter a liberdade de fazer o circuito que queriamos e o que nos pareceu mais completo e dormir em parques de campismo, reduzindo assim alguns custos.

A moeda marroquina é o Dirham e 1€ são aproximadamente 10Dh. No artigo utilizámos os valores em €uro, sempre aproximado.

#Alojamento

O alojamento em qualquer viagem representa um valor significativo do orçamento. No entanto em Marrocos, conseguimos reduzir significativamente esse custo.

O nosso principal método, e que, em Marrocos funciona muito bem, foi dormir em parques de campismo. O valor das nossas dormidas em parques, variou entre os 4,5€ e os 10,5€. Sendo que o mais barato foi em Merzouga, no deserto, mais a sul; e o mais caro foi em Chefchouan, a cidade azul, que fica mesmo no norte do país, logo a seguir a Tânger.

Também, alguns dias, uns 4 em 15, dormimos no carro. Já era tarde, os parques ficavam longe e optámos por não gastar esse dinheiro, metiamos os bancos totalmente para trás e dormíamos – e não dormimos nada mal.. acordar cedo, tomar o pequeno almoço e seguir viagem. Por isso iamos ter gasto uns 20/30€ a mais, nada de especial.

Duas das noites dormimos numa Riad, que era uma experiência que nós queríamos ter, dormir num alojamento típico. Comprámos pelo Airbnb e custou-nos 55€, com 30€ de desconto. Clica aqui para obteres 30€ de desconto numa próxima reserva no Airbnb ( novos clientes ).

Alguns indicadores de preço:

  • Camping em Merdja Zerka: 7,5€
  • Camping em Marraquexe: 9€
  • Riad em Marraquexe 2 noites: 55€ (85€ – 30€ do desconto)
  • Camping em Ourika (Ouarzazate): 6,5€
  • Camping em Merzouga (Saara): 5€
  • Camping Parque Natural de Ifrane: 8€
  • Quarto em hostel 2 noites (Fez): 19€
  • Camping em Chefchouen: 11€
Marraquexe, Marrocos

#aLIMENTAÇÃO

Em marrocos a alimentação é barta. Os valores variam entre os 6€ e os 15€ duas pessoas, em restaurantes mais ou menos elaborados. .É possível comer na “rua” mais barato, onde costumam comer os marroquinos, por 2-4 € A alimentação é rica em legumes e proteína e o pão é sempre gratuito nos restaurantes. O prato mais típico são as “tagines”, carne ou legumes cozinhados num recipiente de barro em forma de pirâmide, cozinhado na brasa e leva até 6h para os alimentos estarem tenros para comer.

Sendo Marrocos um país que vive maioritariamente do sector primário, agricultura, pecuária.. ao longo da viagem, vimos muita da população a trabalhar em estufas e campos agrícolas; muito pasto, crianças a passear o pasto; passamos por pequenas cidades, com “talhos” (coloco entre aspas, porque não são de todo, os talhos convencionais  a que estamos acostumados ver) com a carne pendurada ao lado da estrada; a frente de uma banca com centenas de galinhas atrás, para vender na hora; cabeças de vaca e camelo em exposição.. enfim, todo um mundo diferente do que estamos habituados.

Os alimentos que os marroquinos mais utilizam são couscous, batata, courgete, cenoura, beterraba, passas, beringela, lentilhas e proteína (borrego, frango e peixe frito).

Os pequenos almoços são muito completos, na Riad onde ficamos por exemplo, era comporto por: msemmes (crepe marroquino), pão, doce, ovos cozidos, sumo de laranja, café com leite e chá de menta

Nós gostámos bastante da comida, claro que a juntar aos alimentos, colocam sempre imensas especiarias, mas que ligam bem umas com as outras.

Alguns indicadores de preço:

  • Sumo natural: 0,50€
  • Almoço 2pax: 14€
  • Batata enrolada: 0,25€
  • Sumo cana de açucar: 0,25€
  • Taça pequena de caracóis: 0,50€
  • Tagine: 7€
  • Almoço 2pax: 12€
  • Jantar na praça Djema El Fna: 11€ 2pax
  •  Almoço em Ouarzazate: 11€
  • Chá em “Dodes Gorge”: 1,5€
  • Almoço Merzouga 2pax: 7€
  • Almoço em Meknes 2 pax: 14€
  •  Pequeno almoço em Meknes (tagine de ovo, café com leite, sumo e iogurte: 3,5€ 2 pax

#cOMBUSTIVEL

O combustível em Marrocos, comparativamente a Portugal, é muito mais barato. O preço por Litro, estava sensivelmente a 0,97€.

Gastámos no total 192€, em 4000Km , sendo que 1200km deles foram feitos em Portugal e Espanha. Para isto ajudou os excelentes consumos do nosso carro, que foram 3,8L/100KM.

Conduzir em Marrocos | Dicas sobre o ferrie, as estradas e como levar carro próprio

#FERRIE

Quando chegámos à bilheteira do porto informaram-nos que o bilhete da travessia eram quase 300€, duas pessoas, mais o veículo. Decidimos então tentar comprar o bilhete numa agência, no dia seguinte.

No dia seguinte fomos até à agência Normandie.  A loja fica a cerca de 9km do porto nesta morada : Calle Fragata, 32, 11379 Los Barrios, Cádiz, Espanha, ao pé do Carrefour. Acabámos por comprar o bilhete por 220 € ( duas pessoas + 1 carro), com data e hora de partida/regresso indefinidas. Para autocaravana o valor é 180 € (duas pessoas + autocaravana). Achámos um pouco estranho eles conseguirem vender bilhetes 80 € mais baratos que a bilheteira oficial da companhia no porto, mas a verdade é que correu tudo bem).

 

#Monumentos

Marrocos é um daqueles países onde não é preciso gastar muito dinheiro em monumentos, por um lado a beleza arquitectónica revela-se muitas vezes nas fachadas dos edifícios, segundo não se pode entrar em praticamente nenhuma mesquita e por último existem alguns monumentos gratuitos, como por exemplo o Mausoléu Mohammed V.

Nós gastámos 44€ no total, e quanto muito podíamos ter gasto o dobro, ao entrarmos em Chellah em Rabat e na Mosquita Hassan II em Casablanca, não o fizemos porque iamos em modo ‘low cost’ e porque certamente há-de haver uma próxima.

No que toca a outros monumentos, poderíamos ter entrado em mais um ou outro, como por exemplo em Kasbah’s ( casas senhoriais  fortificadas antigas), que custam entre 3-4 €.

Alguns indicadores de preço:

  • Cisterna em El Jadida: 6€ pax
  • Entrada num palácio em Fez: 5€ 2pax
  • Tinturaria: demos 2€
  • Entrada em Palácio: 8€ 2pax
  • Estúdio Atlas: 15€ 2pax

#Outros – Seguro do carro , Cartão com internet, portagens..

Nos “outros” colocámos todos os restantes gastos que tivemos com esta viagem, desde estacionamentos, portagens, cartão com 5gb de internet, seguro… apenas não pusemos as recordações, que acabam por ser ao critério de cada um, no entanto deixamos em baixo alguns dos preços das coisas que comprámos.

As recordações são praticamente sempre regateáveis, os marroquinos pedem sempre um valor muito alto,  ou perguntam o valor que estamos dispostos a oferecer.

Fizemos alguns kms em autoestrada porque eram poucos dias e de Tânger a Marraquexe não tem assim muita coisa para ver, pelo que fizemos uns 200km de AE, que custou +/- 8 €.

Alguns indicadores de preço:

  • Cartão + 5Gb internet: 10€
  •  Portagem: 5€ – 130Km
  • Estacionamento: 1€
  • Roof top de restaurante (vista para a praça Marraquexe): 2€ cada chá
 
  • Espelho árabe: 10€
  • Tagine trabalhada: 6€
  • Carteira em pele: 5€
  •  Sandálias pele 7€
  • Cinzeiro pequeno 1€
  •  Puff em pele médio: 14€
  • 2 batatas, 1 beringela, 1 cenoura, 1 pimento, 1 meloa e 1 courgete marroquina (comprado na rua): 1,10€
  • Papel Higiênico: 0,70€
  • Agua 1,5L: 0,50€
  • Multa na estrada: 20€ (mas o normal é 40€)
Marraquexe, Marrocos
Marrocos
Marrocos
Marrocos
Marrocos

Apesar de todas as diferenças culturais, adorámos Marrocos e queremos muito voltar.

É um país barato para viajar e o facto de termos ido de carro, possibilitou-nos conhecer o território de uma maneira muito completa. No total se pensarmos que gastámos 850€ duas pessoas, em 16 dias, dá uma média de 25€/pessoa, por dia, o que é muito barato para uma viagem,sobretudo pensando que só o ferrie e a gasolina representam mais de metade desse valor.

Claro que também é possível gastar muito mais, se ficarmos sempre hospedados nas melhors riads e formos aos restaurantes mais caros, mas talvez não dê para ficar tantos dias.. cabe a cada um fazer as suas escolhas e ver o que para si é o melhor e a sua priodidade.

Esperamos que o artigo seja útil a quem está a pensar visitar Marrocos e tal como nós, não fazíamos ideia dos preços que íamos encontrar.

Caso precisem de alguma ajuda ou queiram saber algo em concreto, deixem nos comentários ou enviem um mail.

Neste link podem ver todos os artigos que temos sobre este país !

Rita & Miguel

Ajuda-nos a viajar mais 🙂

Queres ajudar a manter o site no ar e a contribuir para a nossa paixão de viajar? Utiliza um dos links abaixo para fazeres as tuas reservas. Para ti não tem qualquer custo e nós recebemos uma pequena comissão. Muito obrigado.

  • Reserva de alojamento através da Booking —-> Clica aqui !
  • Reservas através do Airbnb (30€ de desconto – novos utilizadores) —-> Clica aqui !
  • Compra os bilhetes para os monumentos e experiências através do Get Your Guide —> Clica Aqui !

Outros Artigos

se tiveres alguma dúvida, ou quiseres colocar alguma questão, é só deixar aqui um comentário ou enviar-nos um e-mail para worldonmyway@worldonmyway.com

2 comentários em “Como gastámos menos de 850€ com tudo incluído | 16 dias em Marrocos

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *