Novembro 3, 2017

Grécia

Praia de Navagio
  • Capital: Atenas
  • Área Territorial: 131 990 Km2
  • População: 11 260 402 Habitantes
  • Língua oficial: Grego
  • Moeda: Euro
  • Fuso-Horário: UTC +2 (Verão UTC +3)

A Grécia foi o país que fizemos mais Kms, em relação ao seu tamanho. No total fizemos 2 000 Kms em 19 dias e estivemos em grande parte das regiões do país, sem contar com as ilhas, que são bastantes e apenas fomos a uma, Zakynthos.

Foi dos países mais montanhosos que estivemos, em especial para o interior, que salvo algumas excepções é só montanhas; quando fomos a Delfos por exemplo, fizemos quase 30 Km seguidos, a subir.

Por toda a Grécia, há inúmeros sítios arqueológicos, devidamente assinalados, das civilizações que floresceram naquela área. Fomos aos seguintes: Delfos, Micenas, Teatro de Epidauro, Acrópole de Atenas, e mais um outro mais pequeno, que surgiam. Outra coisa que também se vê por todo o lado são oliveiras, vêem-se também muitas figueiras e as montanhas são muito secas.

As estradas na Grécia são boas, não andámos em nenhuma estrada esburacada, mesmo em estradas mais remotas. As auto-estradas são pagas, e bem pagas, mal entrámos no país tivemos que pagar 6  e pagámos 13  numa ponte, mais pequena que a ponte 25 de Abril.

Não encontrámos no país  zonas turísticas, cheias de hotéis e restaurantes, mas sim, pequenas cidades/vilas turísticas.

Fomos a Atenas, a capital da Grécia, onde estivemos durante 3 dias, é uma capital diferente, primeiro porque está entre montanhas e o mar, depois porque tem quase 3 000 000 de habitantes e as casas não têm muitos andares, são quase todas brancas de telhado plano.     

Existem vários monumentos antigos, sendo o mais conhecido a Acrópole, que gostámos, mas achámos o bilhete muito caro, 30 , e não nos agradou a existência de algumas gruas, que pelo aspecto dá ideia de estarem ali há mais de 10 anos e que por ali vão continuar, para quem visita o monumento,  as gruas são um pouco poluição visual.

Há também o templo de Zeus, o teatro de Dionísio, a porta de Adriano, o estádio olímpico e mais uns quantos. Há muitas lojinhas e mercados o que adorámos.

Foi o país onde vimos mais construções abandonadas, por todo o lado há paredes, casas, fábricas.. ou inacabadas ou abandonadas, provavelmente devido à grave crise que atravessaram.

Em relação ás pessoas.. as pessoas são simpáticas, a primeira vez que parámos vieram logo perguntar-nos se precisávamos de ajuda, nas vilas cumprimentavam-nos..

Vimos muitas pessoas à cata de metais e papel, em carrinhas de caixa aberta, com megafones. Toda a gente anda de mota sem capacete. É possivelmente o país da Europa com mais lixo onde estivemos, há lixo em todo o lado, nas praias, nas montanhas, impressionante mesmo.. até os caixotes do lixo estão a abarrotar, todos sujos.

Para AC’S é dos melhores países, há estradas sempre junto ao mar, onde podemos parar sem problemas, há também muitas torneiras com água, principalmente ao pé das praias.

Sentimos-nos seguros e nunca tivemos qualquer problema, vimos muitas AC’S pelo país. Quase não vimos carros recentes e novos então, praticamente nenhum.

algumas fotografias da nossa passagem pela Grécia

Ajuda-nos a viajar mais 🙂

Queres ajudar a manter o site no ar e a contribuir para a nossa paixão de viajar? Utiliza um dos links abaixo para fazeres as tuas reservas. Para ti não tem qualquer custo e nós recebemos uma pequena comissão. Muito obrigado.

  • Reserva de alojamento através da Booking —-> Clica aqui !
  • Reservas através do Airbnb (30€ de desconto – novos utilizadores) —-> Clica aqui !
  • Compra os bilhetes para os monumentos e experiências através do Get Your Guide —> Clica Aqui !

Outros Artigos

se tiveres alguma dúvida, ou quiseres colocar alguma questão, é só deixar aqui um comentário ou enviar-nos um e-mail para worldonmyway@worldonmyway.com

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *