O que fazer em Madrid? (com mapa da cidade e dicas)

Madrid é a capital de Espanha e a terceira cidade mais populosa da Europa. Conta com mais de 3 milhões de pessoas a residirem no centro e mais de 6 milhões na sua área metropolitana. Nós já visitamos esta cidade por 3 vezes.

A primeira estivemos durante cinco dias, no Verão, num parque de campismo e íamos de autocarro para o centro – o parque de campismo era agradável, com uma boa piscina e área de churrasco, aconselhamos para quem vá de autocaravana ou procure uma estadia mais em conta se for durante uma semana ou mais (site do parque); a segunda foi de passagem, quando regressávamos de Barcelona e agora, fomos uma terceira vez, de autocarro, desde Lisboa – Oriente.

Nesta última, comprámos os bilhetes na Flixbus (site oficial) numa campanha promocional que teve a duração de 3h e onde conseguimos comprar os bilhetes por 2€ ida e volta, (sim leu bem, não falta aí um zero) foi mesmo incrivelmente barato e a este preço não podíamos deixar de ir passar o fim de semana fora.

Chegámos ás 5h da manhã de sábado e regressámos ás 3h da manhã de segunda-feira. Foi uma viagem vivida intensamente, pois como era de apenas 2 dias queríamos aproveitar o máximo, ver tudo e estávamos sempre a andar de um lado para o outro. Desta vez não utilizámos transportes públicos, ou seja, andámos sempre a pé e fizemos um total de 52 Km. 

Sempre visitámos a cidade no Verão e já houve pessoas locais que nos tinham avisado que a cidade é um bocado sazonal. Como Madrid fica no interior e faz um calor excessivo no Verão, as pessoas têm a tendência a localizarem-se mais no litoral e em cidades como Barcelona. 

Esta última vez, fomos em Janeiro, pleno Inverno e ficámos com uma perspectiva de Madrid, completamente diferente. A elevada população faz-se sentir em todas as avenidas, ruas e ruelas. Há imensos restaurantes, cafés, tascas, sítios para comer tapas.. a cidade tem muita vida mesmo. Para visitar como cidade Europeia, preferimos nesta época, apesar de estar um pouco de frio. As temperaturas que apanhámos foram mínimas 0º e máximas 10º.

Madrid não é a cidade com os monumentos mais estonteantes.. mas a sua vida, a arquitectura e a variedade de ambientes, fazem dela um sítio ideal para viver uma capital e ser feliz, durante uma escapadinha de 2 ou 3 dias.

No entanto, descobrimos que a maioria dos museus tem quase todos os dias um horário gratuito (Clica aqui para saberes quais e os seus horários), para todos os seus visitantes, sejam eles espanhóis ou de qualquer outra nacionalidade. Vamos então deixar uma pequena lista de coisas para fazer e visitar em Madrid.

O que fazer em Madrid?

#1 – Plaza Mayor

Esta praça mede 129 metros de comprimento po 94 metros de largura e situa-se no coração de Madrid, sendo a mais emblemática da cidade e um ponto de visita obrigatório. Aqui pode encontrar a estátua de Filipe III criada em 1616, tendo sido uma oferenda ao rei espanhol.

Também se realiza todos os anos há quase 150 anos, um mercado de Natal nesta praça, com diversas barraquinhas com produtos natalícios.

Resultado de imagem para metro icon Metro Sol 

#2 – Palacio Real

O palácio real, também conhecido por Palácio de Oriente, foi construído no século XVIII e é a residência oficial da família real espanhola. 

Resultado de imagem para metro icon Metro Ópera

#3 – Parque De El Retiro

O Parque do Retiro de Madrid foi criado entre 1630 e 1640 e tem uma área de 118 hectares. Não é maior parque da cidade, mas é o mais central e com uma vasta área verde, onde sabe muito bem ir dar um passeio ou fazer um pic-nic. 

Resultado de imagem para metro icon Retiro

#4 – Porta de Alcalá

A Puerta de Alcalá é um dos monumentos mais representativos de Madrid. Foi inaugurada em 1778 por Francisco Sabatini, arquitecto italiano que trabalhou a maior parte da sua vida na Espanha. Anteriormente, existiu outra Puerta de Alcalá de tijolo, mas Carlos III mandou que fosse derrubada e reconstruída.

Resultado de imagem para metro iconRetiro

#5 – Puerta del Sol (Real casa de correos e estátua equestre)

Está é provavelmente a praça mais conhecida de Madrid, onde pode encontrar alguns dos pontos mais significativos da cidade. A construção aconteceu em várias etapas: começou com a construção da Casa de Correios a meados do século XVIII e um século mais tarde, entre 1857 e 1862, ganhou sua forma definitiva graças aos arquitetos Lucio del Valle, Juan Rivera e José Morer. Já no século XX foram incluídos os jardins, a fonte e a zona de pedestres foi ampliada.

Resultado de imagem para metro iconSol

#6 – Catedral de Santa Maria a Real de Almudena

A Catedral de Santa Maria a Real de Almudena é o edifício religioso mais importante de Madrid. No dia 15 de junho de 1993 foi consagrada pelo Papa João Paulo II, sendo a primeira catedral consagrada fora de Roma. Tem 102 metros de comprimento e 73 de altura.

O interior da Almudena surpreende por ter detalhes completamente diferentes de outras catedrais: o teto e os vitrais deixam de lado o estilo clássico para dar lugar a cores vivas e linhas retas.

Resultado de imagem para metro iconÓpera

#7 – Museu do Prado

 Este museu foi mandada construir por Dom Carlos III, mas só foi inaugurada em 1819 por Fernando VII. Este é o museu mais importante de Espanha. 

Para visitar o museu grátis, clica aqui

Resultado de imagem para metro iconBanco de Espanha ou Atocha

#8 – Museu Reina Sofia

O centro de Arte Urbana Reina Sofia foi inaugurado a 10 de Setembro de 1992 e o seu nome presta uma homenagem à Rainha Sofia, rainha consorte de Espanha. O museu é considerado dos melhores museus de arte moderna de roda a Europa, albergando excelentes colecções do século XX.

Para visitar o museu grátis, clica aqui

Resultado de imagem para metro iconBanco de Espanha ou Atocha

#9- Mercado de San Miguel

Estávamos a passear pelas ruas de Madrid, quando nos deparamos com o Mercado de San Miguel. Este mercado é um máximo, com muitos stands, que vendem fruta, tapas, cones de presunto..enfim, há um pouco de tudo. É um mercado muito característico, com cores fortes e muitos sabores. A comida é um pouco cara, mas vale a pena, nem que seja para ir beber um sumo e sentir um pouco a vida do mercado. 

Resultado de imagem para metro iconÓpera

#10 – Praça e Fonte de Cibeles

Situada no centro da cidade, no cruzamento entre o Paseo del Prado e a Calle Alcalá, a Plaza de Cibeles é um dos espaços mais conhecidos de Madrid. A bela fonte é o destaque da praça. Ao seu redor, estão imponentes edifícios construídos entre o final do século XVIII e início do XX. 

Resultado de imagem para metro iconBanco de España

#11 – Plaza de Lavapiés 

Lavapiés é um bairro vibrante e multicultural que se estende por íngremes ruas medievais repletas de animados restaurantes indianos e tabernas espanholas antigas. Por estas ruas à um pouco de tudo. O Bairro localiza-se na zona sul do centro da cidade e não fica muito longe da Puerta del sol.

Resultado de imagem para metro iconÓpera

#12 – Comer um Bocadillo de Calamares ou Jamón

Os “Bocadillos” são uma refeição obrigatória para quem visita Espanha e sobretudo Madrid. Os mais famosos são de Jamón (presunto) ou de Calamares, que são argolinhas de lula fritas, dentro de uma mini baguete. Provámos ambos e a de calamares é muito macia, de comer e chorar por mais. Pagámos entre 3€ e 4€ por cada Bocadillo.

#13 – Templo de Debod

O templo, originário do antigo Egito e com 2.200 anos de história, foi um presente do Egito à Espanha por sua colaboração no salvamento dos templos de Núbia. Graças à ajuda internacional, o Egito conseguiu salvar, entre outros, o Templo de Abu Simbel, que teria ficado sepultado na construção da Grande Represa de Assouan.

Resultado de imagem para metro iconPlaza de España

#14 – Passear na Gran Vía

Esta é a avenida mais conhecida de Madrid, foi construída entre 1910 e 1929 para conectar o bairro de Salamanca com o de Argüelles. Aqui é onde se encontram as principais lojas de rua de grandes marcas, é como a nossa a Avenida da Liberdade, mas com umas dimensões um pouco maiores.

Resultado de imagem para metro iconGran Vía

#15- Mercado de rua “Rastro”

O Rastro é um mercado ao ar livre que acontece aos domingos e feriados no centro histórico de Madrid, no popular bairro de La Latina. O nome da feira vem do fato de que antigamente a zona que ocupava o Rastro era o lugar onde se situavam as fábricas de couro, muito próximas aos matadouros. Durante o trajecto dos animais até as fábricas ficava um rastro de sangue que foi o que deu origem ao nome do famoso mercado.

Resultado de imagem para metro iconLa Latina

#16 – Estádio Santiago de Barnabéu

Para os amantes de futebol podem sempre dar um saltinho ao famoso estádio do Real Madrid, Estádio Santiago de Barnabéu. O estádio foi inaugurado em 1947 com o nome de Nuevo Estadio Chamartín. O nome que leva atualmente foi dado em honra a Santiago Bernabéu, que foi presidente do clube durante 35 anos.

Resultado de imagem para metro iconSantiago Barnabéu

Mapa da Cidade

Esperemos que o artigo venha a ser útil a algum dos nossos leitores e que venha a melhorar a sua experiência, quando visitarem a cidade de Madrid. Se acharem que nos esquecemos de alguma atracção, partilhem connosco nos comentários.

Ajuda-nos a viajar mais 🙂

Queres ajudar a manter o site no ar e a contribuir para a nossa paixão de viajar? Utiliza um dos links abaixo para fazeres as tuas reservas. Para ti não tem qualquer custo e nós recebemos uma pequena comissão. Muito obrigado.

  • Reserva de alojamento através da Booking —-> Clica aqui !
  • Reservas através do Airbnb (30€ de desconto – novos utilizadores) —-> Clica aqui !
  • Compra os bilhetes para os monumentos e experiências através do Get Your Guide —> Clica Aqui !

se tiveres alguma dúvida, ou quiseres colocar alguma questão, é só deixar aqui um comentário ou enviar-nos um e-mail para worldonmyway@worldonmyway.com

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *